• Aniversário da Avenida Paulista

    Estamos no mês do aniversário de uma das avenidas mais famosas e movimentadas de São Paulo!
    Inaugurada em dezembro de 1891, a Avenida Paulista hoje é um dos principais centros financeiros e também um dos pontos turísticos mais característicos, centralizando cultura e entretenimento em um dos pontos mais elevados da cidade.

    Avenida Paulista na foto de Ciro Amado [Flickr]

    Sempre tem muita coisa diferente acontecendo ao mesmo tempo e muita gente circulando por lá. Muita gente mesmo!
    Com mais de 200.000 moradores (mais que o dobro da população de São Paulo na data de inauguração da avenida), poderia ser listada entre as 150 maiores cidades do Brasil, se fosse uma cidade, claro.
    Isso sem contar que em média, 1,5 milhão de pessoas circulam pela avenida diariamente ou que reúne cerca de 2,5 milhões de pessoas na contagem regressiva da virada do ano.
    Achou muito?
    Então calcule que é na Paulista que acontece a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo e já chegou a reunir 4 milhões de pessoas em um único evento!

    Parada do Orgulho LGBT na Paulista

    A Paulista representa a diversidade de São Paulo e detém praticamente 25% do dial FM da cidade, com Sede de 17 emissoras de rádio (porém com tanto sinal cruzado, é praticamente impossível sintonizar alguma estação por lá, irônico, não?)

    Coréia do Sul, Síria, Jordânia, França, Espanha, Líbano, Egito, México, Japão, Chile, Índia, Luxemburgo, Taiwan, Bolívia, Suíça, África do Sul, Itália, Costa do Marfim, Bélgica, Grécia e Argentina, todos esses países têm consulados na avenida, que possui 2.800 metros de extensão de uma ponta à outra.

    Desde junho de 2016, a avenida é fechada para os carros nos domingos e feriados nacionais, das 10 às 19 horas e é ocupada por pedestres, ciclistas, patinadores e skatistas, estimulando o convívio e oferecendo espaço para apresentação de músicos e artistas plásticos, artesãos, dançarinos, palhaços… a cada esquina uma atração diferente, vale a pena conferir!

    Avenida Paulista ainda mais democrática aos domingos

    Quando foi inaugurada, a avenida era o endereço principal dos Barões do Café e foi aberta seguindo padrões urbanísticos relativamente novos para a época.
    Seus palacetes possuíam regras de implantação que, como conjunto, caracterizaram uma ruptura com os tecidos urbanos tradicionais e incorporavam os elementos da arquitetura eclética (tornando a avenida uma espécie de museu de estilos arquitetônicos de períodos e lugares diversos). Isso fez com que a avenida possuísse uma amplidão espacial inédita na cidade.

    Avenida Paulista no dia de sua Inauguração na ilustração de Jules Victor André Martin

    A Paulista foi a primeira avenida asfaltada da América Latina, em 1909. O asfalto foi trazido da Alemanha. De lá para cá, o resto da cidade também ganhou pavimentação, mas a via continua tendo um dos asfaltos mais lisinhos e impecáveis de São Paulo.

    Masp e Avenida Paulista.

     

    Lembrando que se estiver aqui no Alice, são apenas 3 estações de metrô de distância entre o Hostel e a Paulista.

    Estamos bem perto da estação Vila Madalena, e a Paulista está a partir da estação Consolação. Veja no mapa:

    Seja em datas especiais ou no dia a dia, sempre vale o passeio pela Avenida Paulista, seus parques, galerias, espaços culturais, seus arredores, a gastronomia… encontre ou invente um motivo para conhecer ou para voltar e participe deste organismo vivo em forma de avenida.

    Se precisar de dicas e indicações, pode perguntar em nossa recepção que com certeza encontrará o que procura.

    Parabéns Avenida Paulista!

    Abraços!
    Hostel Alice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *